top of page

Como a Terapia Cognitivo Comportamental pode lhe ajudar na mudança para o exterior

Atualizado: 22 de nov. de 2023

A adaptação a uma mudança de vida para o exterior pode ser desafiadora, especialmente quando as emoções e sentimentos começam a afetar negativamente nossa qualidade de vida. Nesse artigo, apresentamos a Terapia Cognitivo-Comportamental (TCC) como uma ferramenta valiosa na preparação emocional de quem sonha em morar em outro país.


A TCC ajuda a compreender como nossos pensamentos influenciam nossas emoções e ações, fornecendo habilidades essenciais, como a identificação de pensamentos negativos, adaptação a novas situações, gerenciamento do estresse e desenvolvimento de habilidades de comunicação. Além disso, promove a autoconsciência, a resiliência emocional e o foco em metas pessoais, tornando-se um investimento valioso para quem está prestes a enfrentar uma mudança significativa em suas vidas, permitindo que aproveitem ao máximo a experiência internacional. Te convido a para entender melhor sobre esse assunto lendo esse artigo até o final para aprender como isso pode ser aplicado na sua vida ainda hoje!

Emoções versus Você - Quem tem o controle?


Sentir ansiedade e tristeza é normal. Todos nós em algum período da vida passamos por isso. Mas, quando os sentimentos e emoções começam a atrapalhar nossa vida, no sentido de percebermos que já não conseguimos mais fazer as mesmas coisas de antes, há mudanças prejudiciais nas relações, no rendimento em atividades no trabalho ou estudo, sono e humor alterados, isso pode ser um sinal de alerta para buscar ajuda de um profissional. Ou em outras palavras de começar uma psicoterapia.


Encarar uma mudança de vida para o exterior é um evento muito desafiador mesmo com todas as burocracias realizadas e planos traçados ao chegar no país destino. Primeiro, porque nem tudo que planejamos sai conforme o previsto, segundo, é uma jornada repleta de novas experiências, culturas diferentes e desafios, terceiro, nossas emoções oscilam e aparecem de diversas formas de acordo com os eventos que vivenciamos e muitas vezes “ perdemos a mão” e o controle sobre elas.

Há uma série de fatores desencadeadores de estresse, ansiedade e tristeza que devemos tomar conhecimento antes de partir. Alguns deles são: as diferenças culturais como língua, os modos de se relacionar, a solidão, a sensação de não pertencimento e a nostalgia pela terra natal. A incerteza do novo ambiente, a barreira linguística e a adaptação a diferentes costumes podem amplificar esses sentimentos.


O potencial da TCC na preparação emocional para imigração


Esse artigo tem o objetivo de fazer você conhecer um pouco sobre o potencial da Terapia Cognitivo Comportamental (TCC) na preparação emocional para a mudança para o exterior e lhe convencer a buscar ajuda psicológica antes mesmo de você perceber alguns desses sintomas.


Nesse contexto, a Terapia Cognitivo-Comportamental (TCC) emerge como uma abordagem eficaz para auxiliar nessa adaptação, fornecendo ferramentas para lidar com os desafios emocionais da mudança.


Entendendo a Terapia Cognitivo-Comportamental (TCC)


A Terapia Cognitivo-Comportamental é uma abordagem da psicologia baseada na premissa de que nossos pensamentos, emoções e comportamentos estão interligados. Ela se concentra em identificar padrões de pensamentos negativos ou disfuncionais e substituí-los por pensamentos mais realistas e saudáveis, o que consequentemente influencia nossas emoções e ações.

Antes mesmo do embarque, a TCC pode lhe ajudar a ter uma das ferramentas mais importantes da sua grande aventura: o autoconhecimento.


O Autoconhecimento envolve entender suas próprias emoções, pensamentos, padrões de comportamento e valores. Isso é particularmente relevante ao mudar para um novo ambiente, pois permite uma adaptação mais suave e uma experiência mais significativa.


Abaixo listamos algumas maneiras pelas quais a TCC pode contribuir para o autoconhecimento antes de morar fora do país:

  • Exploração de Padrões de Pensamento e Crenças: A TCC ajuda a identificar e entender seus próprios padrões de pensamento e crenças que podem influenciar suas reações a situações novas e desconhecidas. Isso permite que você compreenda como seus pensamentos podem impactar suas emoções e comportamentos, preparando-o para abordar desafios de maneira mais adaptativa.

  • Reconhecimento de Emoções Antecipatórias: Ao se preparar para morar no exterior, é natural sentir uma gama de emoções, como ansiedade, empolgação, medo e expectativa. A TCC ajuda a reconhecer essas emoções e a compreender suas origens, permitindo que você lide com elas de maneira saudável.

  • Autoaceitação e Autoestima: A TCC promove a autoaceitação e a construção de uma autoestima saudável, que são essenciais ao enfrentar novos desafios. Ao entender e aceitar a si mesmo, você estará mais preparado para lidar com as mudanças e incertezas associadas à vida em um novo país.

  • Identificação de Valores e Metas Pessoais: Explorar seus valores pessoais e definir metas para a experiência no exterior é importante. A TCC pode ajudar a identificar seus valores centrais, o que pode orientar suas escolhas e decisões enquanto vive em um novo país.

  • Autoconsciência Emocional e Social: Desenvolver a autoconsciência emocional permite que você compreenda melhor suas reações emocionais e as emoções dos outros. Isso é particularmente útil para navegar em novas interações sociais e culturais.

  • Promoção do Crescimento Pessoal: A TCC pode ajudar você a ver desafios como oportunidades de crescimento pessoal. Ao enfrentar suas próprias barreiras emocionais, você pode crescer e se desenvolver de maneira significativa.


Um caminho trilhado junto


Além disso, essa abordagem tem uma relação colaborativa muito forte entre paciente e psicoterapeuta na qual ambos trabalham juntos para entender padrões de pensamento, emoções e comportamentos, promovendo uma compreensão mais profunda e mudanças duradouras ao paciente.


Desse modo, a psicoeducação na TCC é utilizada como uma forma de educar os pacientes auxiliando-os a entender como suas próprias cognições afetam suas experiências emocionais. O objetivo final é o paciente conseguir realizar auto-terapia e ganhar autonomia total do psicoterapeuta.

E esse entendimento faz com que paciente e psicoterapeuta trilhem juntos os caminhos para desenvolver habilidades de enfrentamento eficazes. Para ficar mais evidente, trouxemos alguns exemplos de habilidades que podem ser adquiridas no processo psicoterapêutico da TCC:


1. Identificação de Pensamentos Negativos: A TCC ensina os indivíduos a reconhecerem pensamentos negativos e distorcidos que podem surgir ao enfrentar uma mudança tão significativa. Ao identificar esses pensamentos, é possível questioná-los e substituí-los por pensamentos mais realistas e construtivos. Isso ajuda a reduzir a ansiedade e a preocupação excessiva.


2. Adaptação a Novas Situações: Morar no exterior envolve enfrentar uma série de situações novas e desconhecidas. A TCC ajuda a desenvolver habilidades de adaptação, ensinando estratégias para lidar com situações de maneira eficaz e confiante. Isso inclui a prática de enfrentar desafios e resolver problemas de forma construtiva.


3. Gerenciamento do Estresse e da Ansiedade: A TCC oferece técnicas para gerenciar o estresse e a ansiedade, que são comuns durante uma mudança internacional. Técnicas de relaxamento, respiração e mindfulness podem ajudar a reduzir os níveis de ansiedade e a manter um estado emocional mais equilibrado.


4. Desenvolvimento de Habilidades de Comunicação: A TCC também pode focar no desenvolvimento de habilidades de comunicação, o que é crucial ao interagir com pessoas de diferentes culturas e origens. Aprender a expressar sentimentos e necessidades de maneira clara e eficaz pode facilitar a integração social.


5. Construção de Resiliência: Morar no exterior muitas vezes envolve lidar com desafios inesperados. A TCC ajuda a construir resiliência emocional, fortalecendo a capacidade de lidar com adversidades e encontrar maneiras saudáveis de lidar com a frustração e a decepção.


6. Prevenção do Isolamento e Solidão: A TCC pode ajudar a evitar o isolamento social e a solidão, que são sentimentos comuns entre os expatriados. Ao aprender a estabelecer e manter conexões sociais, os indivíduos podem construir uma rede de apoio que contribui para o seu bem-estar emocional.


7. Foco em Metas e Realização Pessoal: A TCC ajuda a estabelecer metas realistas e alcançáveis para a experiência no exterior. Isso pode fornecer um senso de propósito e direção, contribuindo para uma adaptação mais suave e satisfatória.


O poder transformador das conversas honestas e profundas


“Talvez você deva falar com alguém” é o título do livro da psicóloga Lori Gottlieb, mas poderia ser também o título deste artigo. O livro oferece insights sobre a importância de buscar ajuda profissional quando necessário, destaca o valor da empatia e compreensão na psicoterapia e explora o poder transformador das conversas honestas e profundas. "Talvez Você Deva Falar com Alguém" oferece uma visão humana e comovente das complexidades da mente humana, bem como da importância da conexão emocional e do autoconhecimento para a superação de desafios pessoais.


É um convite para o leitor considerar a importância de buscar apoio emocional quando se depara com dificuldades e a reconhecer que todos, independentemente de papéis ou títulos, podem se beneficiar de uma conversa com alguém que possa oferecer compreensão e orientação imparcial.


Você tinha imaginado o quanto se pode aprender em um processo psicoterapêutico? Aqui tentamos elencar algumas habilidades necessárias e ferramentas que podem ser adquiridas com a ajuda de um psicoterapeuta da TCC na sua preparação emocional para morar fora. Você conseguiu identificar o quanto esse processo está envolvido com o seu autoconhecimento?


Sendo assim, permitir-se entrar em um processo psicoterapêutico é um investimento que você dará a si mesmo. Independente do momento que você está vivendo. No entanto, não podemos deixar de ressaltar o quanto a TCC pode ser útil em um momento tão delicado quanto o de uma mudança para o exterior, pois ela oferece uma variedade de ferramentas e estratégias que podem ser altamente benéficas para trazer mais leveza para esse momento de muito estresse.


Aprenda a gerenciar pensamentos, emoções e comportamentos de maneira saudável e construtiva, facilitando a sua adaptação, promovendo o seu bem-estar emocional e permitindo que você aproveite ao máximo a sua experiência internacional!


Refinar seu autoconhecimento para uma mudança para o exterior é um passo essencial para torná-la mais bem sucedida. Se você gostaria de morar fora do Brasil aprenda tudo que precisa para viver essa jornada com leveza! Participe da próxima turma do Programa de Desenvolvimento Emocional, clicando aqui.


Será uma honra te atender e te ajudar a conquistar seu sonho! Por aqui você encontra um ambiente de escuta acolhedor e sigiloso. Escrito por:


Beatriz Zanetti (CRP - 01/19319) - Psicóloga pela Universidade de Brasília e Mestre em Educação para Carreira pela Universidade Livre de Bruxelas. Dedica-se a auxiliar quem vive transições de vida e carreira, na busca por felicidade, presença e equilíbrio, no Brasil ou no exterior. Atendimentos em português e inglês.


Maria Luiza Rocha - Graduanda em Psicologia pela Faculdade Cesusc, Bacharel e Licenciatura em Ciências Biológicas pela Universidade Federal de Santa Catarina. Interessada em pessoas, cultura e sociedade.


Posts recentes

Ver tudo

Comments


Commenting has been turned off.
bottom of page